Glossário Imobiliário – Áreas

A procura ou a venda de imóvel tem sido uma atividade cada vez mais crescente na sociedade atual. Por isso, a compreensão dos termos dessa área torna-se imprescindível.

Tem dúvidas ou não conhece determinados termos? Venha conhecer os mais utilizados no mercado imobiliário e o significado de cada um. Iniciamos com 6 tipos de área, confira:

1. Área compartilhada ou Espaços Comuns – Espaços de uso compartilhado. Exemplos: salão de festas, elevadores, caixa de escada, terraços / piso técnico.

2. Área privativa – Espaço com direito de uso do proprietário ou locatário. Refere-se à área particular do imóvel.

3. Área total – Em empreendimentos imobiliários, a área total é a soma da Área Compartilhada e da Área privativa.

4. Área Bruta – Corresponde à superfície total do fogo, medida pelo perímetro exterior das paredes exteriores e eixos das paredes separadoras dos fogos, e inclui varandas privativas, locais acessórios e a quota-parte que lhe corresponda nas circulações comuns do edifício.

5. Área Bruta Privativa – Corresponde à superfície total, medida pelo perímetro exterior e eixos das paredes ou outros elementos separadores do edifício ou da fração, inclui varandas privativas, caves e sótãos particulares com utilização idêntica à do edifício ou da fração.

6. Área de construção – somatório da área bruta de cada um dos pavimentos acima e abaixo do solo, incluindo escadas e caixas de elevadores, de todos os edifícios construídos ou a construir, quaisquer que sejam os fins a que se destinam; estão excluídos os terraços descobertos, as garagens em cave, os alpendres abertos até 15 m², as galerias exteriores públicas, os arruamentos e espaços livres de uso público cobertos pela edificação, as zonas de sótão não habitáveis, as arrecadações em cave ou no vão da cobertura afectas às diversas unidades de utilização do edifício e as áreas técnicas acima ou abaixo do solo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Scroll to Top